Vale do Ave e Terras de Basto
Abertura
Mapa do Concelho
Mapa da Cidade
Património
Museus
Contatos
Abação (São Tomé)
Airão São João
Airão Santa Maria
Aldão
Arosa
Atães
Azurém
Balazar
Barco
Briteiros Salvador
Briteiros Santa Leocádia
Briteiros Santo Estêvão
Brito
Caldelas (Caldas das Taipas)
Calvos
Candoso São Martinho
Candoso Santiago
Castelões
Conde
Corvite
Costa
Creixomil
Donim
Fermentões
Figueiredo
Gandarela
Gémeos
Gominhães
Gonça
Gondar
Gondomar
Guardizela
Infantas
Leitões
Longos
Lordelo
Mascotelos
Mesão Frio
Nespereira
Oleiros
Oliveira do Castelo
Pencelo
Pinheiro
Polvoreira
Ponte
Prazins Santa Eufémia
Prazins Santo Tirso
Rendufe
Ronfe
Sande São Clemente
Sande São Lourenço
Sande São Martinho
Sande Vila Nova
São Faustino
São Paio
São Sebastião
São Torcato
Selho São Cristóvão
Selho São Jorge (Pevidém)
Selho S. Lourenço
Serzedelo
Serzedo
Silvares
Souto São Salvador
Souto Santa Maria
Tabuadelo
Urgezes
Vermil
Início Região Concelhos Património Lazer Tradição Onde Comer Onde Dormir
 
MOREIRA DE CÓNEGOS
 
Memória Descritiva dos Símbolos Heráldicos
Torre – Simboliza a Torre Mourisca, assim como a antiguidade do povoamento e o património cultural e edificado da freguesia.
Galeros – Representam os chapéus de Cónegos, justificam a própria denominação da freguesia.
 
Caracterização
A supervivente freguesia de Moreira de Cónegos, está situada na margem direita do rio Vizela, na extremidade sul do concelho de Guimarães, fazendo fronteira com os concelhos vizinhos de Santo Tirso e Vizela. Devido ao seu notável progresso nos diversos sectores de actividade e ao elevado crescimento demográfico verificado a partir da segunda metade do século XX, em 1995 a freguesia de Moreira de Cónegos foi elevada a vila. A sua actividade económica assenta de forma significativa na indústria.
 
Síntese Histórica
Moreira de Cónegos remonta à época de ocupação romana, admitindo-se que famílias cristãs tenham sobrevivido aos diversos períodos conturbados próprios das invasões históricas. Esta freguesia, até ao século XVII, era conhecida por Villa Cova de Moreira. A tão importante vila também foi, antes disso, conhecida por Villa Cova, como relata o primeiro escrito que se conhece da mesma, datado de Março de 961, e ainda por Villa Moreira, tratando-se de duas ‘villas’ diferentes no mesmo território. O ascendente Villa Cova viria a repercutir-se, quando no ano de 1220, se nomeou “Sam Paio de Villa Cova”. Já antes do século XVIII esta denominação viria a originar a designação mais próxima da actualidade, na qual Moreira de Cónegos foi nomeada “S. Paio de Vila Cova de Moreira de Cónegos”. Freguesia ímpar na história, a “Vila Morária” foi palco de várias batalhas, resistindo continuamente de forma esfuziante. As incursões romanas foram alvo de conflitos com os povos cristãos e aqui batalhou-se pela independência do Condado Portucalense. O antagonismo contra o povo castelhano provocou acesas batalhas com a finalidade da sua expulsão. O mesmo sucederia posteriormente nas invasões francesas, nas quais Moreira de Cónegos fica marcada pela violência e sobrevivência. Sobre Vila Cova, em 961, “Adosinda, senhora de nobre estirpe social, então viúva de D. Rodrigo Mendes, filho da condessa Mumadona Dias, fundadora do mosteiro e do castelo de Guimarães, doou ao dito mosteiro a ‘vila’ denominada Vila Cova, (...) nome presentemente ignorado, compreendia então a parte de cima da freguesia de Moreira de Cónegos, ainda hoje conhecida por Moreira de Cima”, como se lê na obra de Hilário Oliveira da Silva sobre a freguesia. “No ano de 968, o conde Gonçalo Mendes, cunhado da referida Adosinda, doou ao mesmo mosteiro a Vila Moreira, também situada na margem do rio Vizela, perto do lugar de Guimarães”. Esta terra bem mourisca pertenceu, ao padroado da Colegiada de Guimarães, ou seja, aos cónegos, sendo designada no registo paroquial, por Moreira dos Cónegos.
 
Património Cultural Imóvel
Igreja Paroquial, Ponte Romana de Negrelos, Capela de Santa Marta, Capela de Nossa Senhora da Ajuda e Capela de Santo Ovídio e Cruzeiros.
 
Locais de Interesse Turístico
“Último” Moinho, Museu Rural e Ponte Romana de Negrelos.
 
Artesanato
Tapeçaria (Manuel Eugénio Costa – 252 843 532)
Filhos Ilustres da Terra
João Pereira Magalhães - Benemérito (1890-1964)
Laurinda Ferreira Guimarães - Benemérita (1897-1976)
Fernando Abreu - Fundador do Museu Rural Fernando Abreu (1934)
José António Ferreira Magalhães – Industrial e benemérito (1939-1989)
 
Padroeiro/Festividades
São Paio (Padroeiro - 26 de Junho)
Santo António (Junho)
Nossa Senhora da Ajuda (2º fim de semana de Agosto)
Santa Luzia (Dezembro)
 
Freguesia em Números
Área (i): 472,48ha
Abastecimento de Água - Rede Pública (ii): 95%
Saneamento Básico (ii): 90%%             Iluminação Pública (ii): 100%
Transportes (ii): Arriva, Transcovizela e CP.
Habitantes (iii): 4853 (H-2377 M-2476) Eleitores (iv): 4632 (H-2286 M-2346)
Alojamento (iii): 1885                            Famílias (iii): 1667
Faixas Etárias (iii): 0/14-596 15/24-624 25/64-2814 65 ou mais-819
Habilitações (iii): Nenhuma-805 Básico-3341 Secundário-512 Superior-195
[Fontes: i. Câmara Municipal Guimarães; ii. Junta Freguesia; iii. INE Censos 2011; iv. DGAI]
 
Equipamento e Serviço Social
Sede da Junta de Freguesia, Centro de Saúde, Salão Paroquial, Viaturas (trabalho);
Escola Básica do 1º Ciclo (com Cantina Escolar), Escola Básica 2/3 (com Cantina Escolar), Campo de Futebol, Polidesportivo, Gimnodesportivo, Piscina, Centro Paroquial (com Creche, Jardim de Infância e Centro de Dia), Apoio Domiciliário (Centro Paroquial Moreira de Cónegos e Centro Social de Nespereira) e Museu Rural - A partir da colecção particular de um agricultor da terra - Manuel Fernando da Costa Abreu, nasce em 2006, este espaço dedicado à exposição de objectos de índole agrícola, numa ideia que o acompanhava desde 1973.
A paixão e gosto pessoal, associado à existência de espaço, levaram ao crescimento gradual e progressivo até às 600 peças actuais, devidamente organizadas, sendo a mais antiga datada de 1887. É um espaço que merece a visita de todos numa (re)descoberta de hábitos e costumes que se perdem no tempo…
 
Serviços
Farmácia, Clínica Geral, Clínica Dentária, Consultório Médico, Laboratório de Análises Clínicas, CTT, Banco e Multibancos (4),Estação de Serviço e Posto de Abastecimento de Combustíveis.
 
Movimento Associativo
Associação Agrícola e Bovina de Moreira de Cónegos
Fundação: 1923    
Actividades: Culturais e recreativas
A Eléctrica de Moreira de Cónegos, CRL
Telefone: 253 562 633    
Fundação: 1933    
Activ.: Distrib. de energia eléctrica
Centro Cultural e Recreativo de Moreira de Cónegos
Telefone: 913 389 154    
Fundação: 1983    
Actividades: Rancho infantil e adulto
Centro Paroquial Moreira de Cónegos
Telefone: 253 561 087    
Fundação: 1995
Actividades: Creche, jardim de infância, centro de dia e apoio domiciliário.
Corpo Nacional de Escutas – Agrupamento Nº 663
Fundação: 1980    
Actividades: Escutismo
Fraternidade Nuno Álvares - Núcleo 50 (Nossa Sra. da Ajuda)
Telefone: 938 789 961    
Fundação: 2009    
Actividades: Escutismo adulto
Morávia – Associação Juvenil de Moreira de Cónegos
Telefone: 253 563 286    
Fundação: 1997
Actividades: Futebol, BTT e edição do jornal “O Cónego”
Moreirense Futebol Clube
Telefone: 253 561 836    
Fundação: 1938
Actividades: Futebol, karaté e ginástica sénior
Da determinação de um grupo de pessoas amantes de futebol, nasce em 1938, esta associação que se assume, desde sempre, como um dos principais embaixadores desta vila de Moreira de Cónegos. A sua longevidade, transporta naturalmente muitos momentos de profunda satisfação para os seus sócios e apoiantes, podendo ser colocado como o primeiro de entre muitos, a conquista dos Campeonatos Concelhio e Distrital logo em 39/40.O mais recente motivo de orgulho é a subida ao principal campeonato nacional de futebol que sucedeu precisamente em 2012/13, após uma época muito bem-sucedida na segunda liga em 2011/12, que culminou com o título nacional desta competição. A presença no principal escalão já tinha sucedido durante três épocas desportivas entre 2002 e 2005, após ter obtido três subidas de divisão consecutivas, no que foi um feito digno de absoluto realce. O clube assume também uma política de valorização da juventude da sua freguesia e limítrofes, tendo na modalidade de futebol todos os escalões de formação, movimentando na actual época desportiva 270 atletas das escolinhas aos juniores. Possui ainda uma secção de karaté com 18 atletas e uma de desporto sénior com 15 praticantes, perfazendo assim um total de 324 atletas ao incluir os seus 21 futebolistas profissionais.
 
Órgão de Informação
O Cónego
Propriedade/Editor: Morávia         
Fundação: 1997
Telefone: 253 563 286              
Periodicidade: Mensal
 
Monografia
Vila de Moreira de Cónegos - Subsídios Para a Sua História
2011 - Hilário Oliveira da Silva
 
Pároco
António Matos Fernandes Pereira     
Telefone: 253 562 338
                                                          
Junta de Freguesia
Morada: Rua D. Laurinda Ferreira de Magalhães, nº 2  
              4815-353 Moreira de Cónegos
Coordenadas GPS: N 41º 22’53.70’’/ W 8º 20’14.67’’
Telefone: 253 563 028     Fax: 253 563 029     E-mail: jf-moreira@sapo.pt
Horário de Funcionamento: 2ª a 6ª feira 09h00-12h30/13h30-17h30
Presidente: Paulo Renato (2º mandato)                               
Secretário: Henrique Pedro Machado
Tesoureiro: António Brás
 
Destaque
A Eléctrica de Moreira de Cónegos, CRL
Fundada em 1933, a Eléctrica de Moreira de Cónegos, classificada como pessoa colectiva autónoma sem fins lucrativos, surge pela vontade e empenho de todos os seus fundadores. O desejo de contribuir para o desenvolvimento da região, fez com que os seus fundadores implementassem o fornecimento aos seus membros de energia eléctrica para a luz, força motriz e outras aplicações, permitindo desta forma a melhoria do bem-estar de toda a comunidade das freguesias de Moreira de Cónegos, S. Martinho de Conde e Guardizela. Ao longo do tempo, muitos produtores de energia eléctrica foram sendo anexados pela EDP Distribuição, restando actualmente 10 empresas deste género, estando a sua maioria localizada na zona norte do país. No exercício da sua actividade, esta instituição respeita os valores e princípios cooperativos e, como organização de consumidores, promove não só a salvaguarda dos seus direitos como também do meio ambiente. Na consecução dos seus objectivos, a cooperativa desenvolve acções de natureza informativa, formativa, social e cultural, destinadas aos seus membros, trabalhadores e respectivos familiares e à comunidade em geral. No início deste século, com vista a proporcionar um melhor fornecimento aos seus consumidores, a Eléctrica de Moreira de Cónegos, associou-se a um novo projecto, construindo uma mini hídrica - Aproveitamento Hidroeléctrico do Caneiro, respondendo de forma mais autónoma às muitas necessidades da comunidade. No presente conta com 2100 clientes e 1100 associados.
Receba
as novidades
no seu e-mail
nome:
e-mail:
Vale do Minho Vale do Lima Vale do Cávado Vale do Ave e Terras de Basto
Contactos | Mapa do site
Copyright © 2008 A Nossa Terra. Todos os Direitos Reservados Desenvolvido por: Direnor