Vale do Ave e Terras de Basto
Abertura
Mapa do Concelho
Mapa da Cidade
Património
Museus
Contatos
Abação (São Tomé)
Airão São João
Airão Santa Maria
Aldão
Arosa
Atães
Azurém
Barco
Briteiros Salvador
Briteiros Santa Leocádia
Briteiros Santo Estêvão
Brito
Caldelas (Caldas das Taipas)
Calvos
Candoso São Martinho
Candoso Santiago
Castelões
Conde
Corvite
Costa
Creixomil
Donim
Fermentões
Figueiredo
Gandarela
Gémeos
Gominhães
Gonça
Gondar
Gondomar
Guardizela
Infantas
Leitões
Longos
Lordelo
Mascotelos
Mesão Frio
Moreira de Cónegos
Nespereira
Oleiros
Oliveira do Castelo
Pencelo
Pinheiro
Polvoreira
Ponte
Prazins Santa Eufémia
Prazins Santo Tirso
Rendufe
Ronfe
Sande São Clemente
Sande São Lourenço
Sande São Martinho
Sande Vila Nova
São Faustino
São Paio
São Sebastião
São Torcato
Selho São Cristóvão
Selho São Jorge (Pevidém)
Selho S. Lourenço
Serzedelo
Serzedo
Silvares
Souto São Salvador
Souto Santa Maria
Tabuadelo
Urgezes
Vermil
Início Região Concelhos Património Lazer Tradição Onde Comer Onde Dormir
BALAZAR
 
Memória Descritiva dos Símbolos Heráldicos
Mundo crucífero – É o símbolo atribuído ao padroeiro da freguesia – Divino Salvador.
Cachos de uvas e espigas de milho – Representam a agricultura, sendo Balazar uma freguesia rural.
 
Caracterização e Síntese Histórica
Na rota noroeste do concelho, a pacata freguesia de Balazar situa-se a 13 quilómetros da cidade de Guimarães, sua sede de concelho. É atravessada pela EN101, que liga Guimarães a Braga, e localiza-se já na linha fronteiriça deste concelho vizinho, encontrando-se em pleno vale da Serra da Falperra. No monte da Nossa Senhora do Sameiro nasce ainda um pequeno afluente do rio Ave, que banha a freguesia. Constituindo-se como uma freguesia assumidamente rural, a actividade económica de Balazar focaliza-se praticamente na agricultura e pecuária, um sector de actividade no qual se trabalha há várias gerações. As origens desta freguesia são muito antigas, estando intimamente ligadas a importantes legados históricos bastante próximos ao território de Balazar: as citânias de Briteiros e de Sabroso, respectivamente no monte de São Romão, São Salvador de Briteiros, e no monte do Couto de Sabroso, que abrange as freguesias vizinhas de Longos e São Lourenço de Sande. É no século XII que surge o primeiro documento com referência à freguesia, cuja denominação é “Velsar”, que provém do genitivo “Belsari”, uma derivação do nome próprio de origem germânica “Belesarius”. Nas Inquirições de 1220, de D. Afonso II, retém-se “Sancto Salvatore de Belsare et de Sancta Maria de Pausada”, numa clara alusão a uma junção de paróquias. Mais tarde, nas também afonsinas Inquirições de 1258, a extinta paróquia de Santa Maria de Pousada aparece independente de Balazar, que nesta altura é designada de “Belsar”, sucedendo o mesmo em 1288. Nestas Inquirições, já de D. Dinis, é declarada a existência de duas quintas, sendo que uma delas é a Quinta de Belsar, propriedade dos Pachachos, e a restante a Quinta do Paço. Sabe-se ainda que nesta época existia também um solar, de Balesares, muito provavelmente sito na Quinta do Paço. Esta freguesia, que em toda a sua história pertenceu ao termo de Guimarães, foi igualmente já conhecida por “Halazar”. Na freguesia, os Lugares de Carreira e Portela, são indícios de vias rodoviárias ali existentes noutras épocas.
 
Património Cultural Imóvel
Igreja Velha, Igreja Nova, Alminhas e Cruzeiro.
 
Locais de Interesse Turístico
Igreja Velha
 
Padroeiro
Divino Salvador
 
Festividades
Divino Salvador (6 Agosto), Procissão de Velas (Maio) e Menino Jesus (Dezembro)
 
Equipamento e Serviço Social
Sede da Junta de Freguesia, Salão Paroquial, Capela Mortuária e Parque de Manutenção.
 
Freguesia em Números                 
Área (i): 346,78ha
Abastecimento de Água - Rede Pública (ii): 35%
Saneamento Básico (ii): 40%
Iluminação Pública (ii): 100%
Transportes (ii): Arriva e Transdev
Habitantes (iii): 440 (H-211 M-229) 
Eleitores (iv): 509 (H-260 M-249)
Alojamento (iii): 220                      
Famílias (iii): 147
Faixas Etárias (iii): 0/14-72 15/24-51 25/64-245  65 ou mais-72
Habilitações (iii): Nenhuma-116 Básico-260 Secundário-45 Superior-19
[Fontes: i. Câmara Municipal Guimarães; ii. Junta Freguesia; iii. INE Censos 2011; iv. DGAI]
 
Serviços
Espaço para Eventos (Quinta da Granja - Um local magnífico inserido na encosta de Santa Marta, onde pode organizar um evento desfrutando do ambiente rural e vista alongada até Guimarães. Alia-se ao amplo espaço verde ajardinado, um lago translucido que acompanha a fachada das suas salas de eventos, por um lado uma sala rústica com capacidade para 150 lugares e, por outro, um amplo salão com capacidade para 500 lugares).
 
Movimento Associativo
Corpo Nacional de Escutas – Agrupamento Nº 701
Telefone: 963 656 077    
Fundação: 1979
Actividades: Escutismo
Grupo Coral de Balazar
Telefone: 963 656 077    
Fundação: 1995
Actividades: Cântico litúrgico
 
Pároco
João António Gomes da Cunha    
Telefone: 919 692 932
 
Junta de Freguesia
Morada: Rua da Igreja Nova, nº 180   4805-001 Balazar
Coordenadas GPS: N 41º 30’30.61” / W 8º 22’54.3”
Telefone: 253 471 487
E-mail: freguesia.balazar@sapo.pt
Horário de Funcionamento: 3ª feira 19h30-20h30; domingo - Outubro a Maio 09h00-10h30; 6ª feira - Junho a Setembro 19h30-20h30
Presidente: Teresa Maria Ribeiro Rodrigues Silva (1º mandato)
Secretário: João Carlos Macedo Marques
Tesoureiro: José da Silva Rocha
Receba
as novidades
no seu e-mail
nome:
e-mail:
Vale do Minho Vale do Lima Vale do Cávado Vale do Ave e Terras de Basto
Contactos | Mapa do site
Copyright © 2008 A Nossa Terra. Todos os Direitos Reservados Desenvolvido por: Direnor